quinta-feira, março 20, 2008

A importância da humildade

LAVA-PÉS DA IGREJA

«Ó Senhor! Não só os pés,
mas também as mãos e a cabeça!»

Pedro (Jo 13,9b)



Os Pés

Senhor, Pedro talvez não precisasse:
Ainda não sentira o pó da História.
Dois mil anos depois, se me não lavas,
Ninguém verá em mim a tua Esposa.

Senhor, lava meus pés – os pés descalços
Com que fui proclamar teu Evangelho.
Deixei que muito pó se lhes pegasse,
E não o sacudi como aconselhas.

Partindo sem cajado nem alforge,
Servi-me e rodeei-me de prestígio,
De bens e de poder, mais confiando
Nas minhas estruturas, que no Espírito.

Senhor, lava estes pés de Mensageira
Da paz e do perdão, e não da espada,
Que às vezes pretendeu impor-te à força
Com armas, guerras santas e Cruzadas.

Senhor, lava estes pés, a quem foi dado
Um guia para a Terra Prometida,
E às vezes preferiram o regresso
À antiga servidão, aquém da vida.

Novamente, Senhor, de pés lavados,
Contigo irei passar o Mar Vermelho
Do teu suor de sangue e do teu Sangue,
Ali deixando, enfim, o mundo velho.

Senhor, lava meus pés: sou tua Igreja
E quero tomar parte no teu Reino.
Admite-me, Senhor, à tua mesa
Na Páscoa sempre nova da tua Ceia.


Lopes Morgado