sexta-feira, abril 10, 2009

A CRUZ





HINO À CRUZ GLORIOSA

A cruz gloriosa de Senhor ressuscitado
é a árvore da minha salvação:
dela me alimento, nela me deleito,
nos seus ramos me estendo.
O seu orvalho me reconforta,
a sua brisa me fecunda,
à sua sombra ergui a minha tenda.
Na fome alimento,
na sede fonte,
na nudez roupagem.
Augusto caminho,
minha estrada estreita,
escada de Jacob,
leito de amor
das núpcias do Senhor.
No temor defesa,
nas quedas apoio,
na vitória a coroa,
na luta és o prémio.
Árvore da salvação,
Pilar do universo,
o teu cimo toca os céus
e nos teus braços abertos
chama-me o amor de Deus.